Os que também amam poesia...

sexta-feira, 1 de abril de 2011

AGENDA

Hoje guardei minha agenda antiga...

reescrevi os endereços
os antigos nomes
revi alguns poemas dobrados em suas páginas...

reli os sentimentos ao longo do tempo
escritos em uma agenda permanente...

senti um fundo de tristeza
um adeus profundo
é que algumas lembranças ainda saltavam em letras antigas...

despedi como se despede de um amor
de memórias impregnadas
escritas à tinta a prova de lágrimas...

anotações antigas jogadas fora
outras guardadas por um tempo
outras que vão para a próxima
como se fossem hereditárias
passadas de geração à geração...

ultima olhada
um adeus
e outra que chega...

assim como esquecer alguém
que passou como páginas
que agora ficam esquecidas
em meio à outras tantas folhas...

misturadas ao caos organizado
em uma gaveta escura...

14 comentários:

  1. Olá Cristiane
    As vezes precisamos nos desfazer dos objetos, mas das lembranças não desfazemos nunca.
    Bjux

    ResponderExcluir
  2. Olá que delicia seu comentário em meu blog!

    Convite feito e cá estou!!

    Ja te sigo ok assim nao nos perdemos!

    Deixo aqui o meu beijo e o desejo de um ótimo fds!

    Beijoooooooo

    ResponderExcluir
  3. Não falei que eu vinha? Também gostei muitíssimo do seu blog, de puro lirismo, e esse seu último poema possui ideias muito bem colocadas. Parabéns. Beijinho.

    ResponderExcluir
  4. Menina, olhar o passado escrito é reviver momentos de nostagias que podem nos fazer bem ou não, isso dependerá do contexto que nos encontramos para tornar a viver gamas de sentimentos vividos outrora. Belo texto! Lindo blog! Voltarei mais vezes e virei seguidor.
    Passe depois em http://lectandome.blogspot.com
    Abraço fraterno,
    Jasanf.

    ResponderExcluir
  5. Olá! te sigo também e juntas, seguimos bela estrada! que linda poesia me recebeu aqui... espero posts fresquinhos ok!!! bj.

    ResponderExcluir
  6. Somos um amontoado de fragmentos de memória. É do que nos compomos. Gosto muito dessa maneira leve e descomplicada com que aborda o tema. Senti isso também em outros poemas seus. Os textos carregam uma carga de sentimento e o lirismo que me atraem muito. Mais uma grata descoberta nesse mundo virtual. Fico por aqui, tá?

    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Imagino ler anotações antigas assim como vemos fotos antigas. Com um detalhe: - Sempre que deixamos palavras, estas palavras nunca morrem. É com grande prazer rever o que escrevemos. O tempo não apaga.
    Obrigado pela visita em meu cantinho, seja bem vinda!
    Beijos!...

    ResponderExcluir
  8. Eu tenho um estoque de saudades...

    um beijo !

    ResponderExcluir
  9. Olá...
    Fico muito feliz que tenha gostado do meu blog!
    O seu blog também é lindo e em especial, o post: PALAVRAS!
    Vamos manter contato!!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Olá querida, obrigado pelo convite e comentário; parabéns pelo blog! Já dizia confúcio: é estudando o passado que se entende o futuro. Que sua atual agenda represente boas recordações no seu olhar futuro. Bjs!

    ResponderExcluir
  11. Texto belíssimo, Cristiane! Nostalgia em conta gotas!
    Beijos, muitos!

    ResponderExcluir
  12. Cristiane, muito lindo teu espaço poético um lugar
    de reconforto onde a memória é um suave
    e aromático travesseiro de plumas a es
    pera de quem o encontre para reclinar e
    se deixar levar.
    beijos,

    ResponderExcluir
  13. Gostei demais do que vi aqui. Voltarei sempre!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Olá Cristine! Saudações Literárias...
    Passei por aqui e achei muito bem cuidado seu espaço.
    Parabéns!
    Sempre que eu puder voltarei.
    ♥ Abraços de Luz.

    ResponderExcluir

Muito obrigada por comentar.